Pra aquecer as pernas

Escolhemos fazer esse trecho do litoral pela infraestrutura local. Sabíamos que, por nosso despreparo físico, algo que nos exigisse mais (como a Estrada Real, que pretendíamos percorrer) poderia deixar o passeio e nossas férias mais cansativa do que prazerosa. Temos aprendido a controlar a ansiedade e não querer bater nenhum récorde, apenas viajar de bicicleta, reconhecendo nossos limites.

Para o primeiro dia de pedal, não passaríamos dos 30 km… uma pequena serrinha pelo caminho e um trecho sem acostamento que já havíamos observado do ônibus, seriam nosso maior desafio.

Sem passagem...

É impressionante o descaso com a vida. São apenas 100 ou 200 metros onde pedestres e ciclistas não tem respeitado seu direito de ir e vir com segurança. Mas é preciso vontade política pra essas coisas acontecerem, era só botar o gradil (onde estou sentada) pra dentro da pista e fazer uma passagem decente para as pessoas, como manda a lei. Pra evitar maiores sustos seguimos empurrando as bicicletas, mesmo com poucos motorizados circulando.
Depois o acostamento volta até Caraguá.
 

Bem vinda Caraguá!

Já em Caraguatatuba seguimos pela orla que tem uma bela e longa ciclovia que vai até o centro. Nos surpreendemos com essa cidade, muito bonita, mas que infelizmente vem passando por um processo de verticalização e deve virar um formigueiro no verão.
 
O centro é daqueles bonitinhos com Igreja e coreto, como manda a tradição portuguesa católica.
 

Marcas da colonização por todo o litoral

 
Desta vez não levamos nossa barraca e nos demos o direito de ficar em hotéis mais carinhos…
Como chegamos bem cedo ao centro, escolhemos um hotel bem localizado e fomos às compras para a refeição do dia. É que pra economizar levamos nosso distinto fogareiro e toda tralha de cozinha… é claro que com isso infringimos a lei… mas é por uma causa que consideramos justa.
 

Cozinhando "muquiado" né!

Eu, "ajudando"... rsrs

Pós almoço, passeio na praia pra relaxar as pernas. O sol saiu bem timidozinho, só pra nos dar um oi.

Bicicletas sempre presentes na vida caiçara

Um passinho por vez....

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s