Reconhecendo…

Como fomos “forçados” a permanecer mais um dia em Paraty, recorremos mais uma vez ao centro histórico pra passear. Fomos então visitar a Casa da Cultura de Paraty. De fato, por vezes, as “histórias oficiais” são sempre muito chatas por só contarem parte da história, negr@s, indígenas, crianças e mulheres em geral quase nunca tem suas vozes ouvidas. Sendo assim, sem grandes expectativas fomos visitar o local…

Logo na bilheteria fomos informad@s que estava havendo a mudança da mostra temporária, o que nos possibilitaria conhecer apenas a mostra permanente. Pagamos menos pelas entradas e ganhamos um livreto sobre a casa.

Adorei a mostra permanente.

 

Encontramos por lá a vida de Paraty, que até então não tínhamos visto nas movimentadas ruas repletas de turistas. Através de uma exposição de fotos e áudio, moradores da cidade nos contavam suas histórias e relação com a cidade. Passamos um tempão por lá ouvindo um monte dele(a)s.

Depois das muitas aulas passamos a apreciar mais a “cidade cenográfica” com ares de museu a céu aberto.

Pena que para alguns, a escravidão não passou…

No outro dia foi “botar a bicicleta no saco” e voltar pro nosso lar doce lar.

Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s