Quimey-Co

Acordamos cedo, tomamos nosso café e caminhamos para a cidade em direção a rodoviária. Pegamos o ônibus que passava por diversas termas, a nossa era uma das últimas: Termas Quimey-Co.

Termas Quimey-co

Termas Quimey-co

As instalações eram muito bonitas, no meio de uma montanha cheia de vegetação nativa e por onde passava um rio de água limpa e gelada.

DSC_0974O local tinha 03 piscinas, uma delas ao ar livre e quentinha.

DSC_0968 DSC_0973A segunda era ao lado, com uma pequena cobertura e era absurdamente quente. Dava pra ficar só um pouquinho, mas saia da água com o corpo todo vermelho.

DSC_0969A terceira era interna, coberta e uma temperatura intermediária entre as outras duas.

DSC_0977 DSC_0979Ainda havia uma hidromassagem ali juntinho da piscina. Passamos o dia revezando entre uma piscina e outra, mas se não bastasse o sossego ainda resolvemos fazer uma massagem, fomos super bem atendidxs e relaxamos geral.

Na hora do almoço comemos nosso lanche em uma área tranquila.

DSC_0965 O dia foi maravilhoso, mas tínhamos que sair do paraíso ainda com o sol brilhando, pois marcamos as 18h com os guias para provar a roupa da escalada ao Vulcão.

DSC_0980O ônibus tinha um horário certo de passar na estrada, fomos pra pista e ficamos ali esperando, com uma sensação de estar pisando nas nuvens.

Provamos as roupas, marcamos o horário para o dia seguinte e fomos dormir cedo relaxadxs, mas ansiosxs com o dia que viria.

Dia 15 – Conhecendo as Thermas Quimey-Co – 10/02/14 (Segunda-feira)

Anúncios

Cidade Linda!

Em Pucón precisávamos descansar e colocar as idéias em ordem. Estávamos um tanto atrasados em nosso cronograma mas nem um pouco afim de pressa. Já imaginávamos, pelas dificuldades em nossa preparação física e pelas dificuldades no caminho, que nossos planos estávam em aberto, incluindo um possível trecho em ônibus. Preferimos relaxar, afinal, são férias!

O nosso camping não era tão perto do centro, mas mesmo assim resolvemos dar uma folga pras bicicletas e fazer tudo caminhando. Lá no fundinho do pensamento pensava eu que caminhando estaríamos treinando as pernas para a subida do vulcão… hehe, quanta inocência… mas como já chegamos fazendo amizade, de cara já ganhamos carona até o centro com um simpático casal, nossos vizinhos.

Do camping era possível avistar um dos destinos mais aguardados da viagem...

Do camping era possível avistar um dos destinos mais aguardados da viagem…

A cidade de Pucón é bem grande e me pareceu mais interessante que Bariloche. Logo de manhã havia uma multidão de gente toda colorida que havia participado de uma corrida onde um ia pintando o outro, tava com cara de carnaval. Fizemos todas as compras que precisávamos, incluindo o pacote de subida ao Villarica que na verdade nos fez ficar um dia a mais na cidade, pois não havia mais vagas para o dia seguinte… fechamos direto na agência de onde partiríamos e não no intermediário, mas o preço foi o mesmo, um dos mais caros que nos foi ofertado, mas o pessoal que nos pareceu mais sério e nos deu mais atenção. Se vendem subidas ao Villarica como quem vende uma passagem do expresso turístico que vai pra Paranapiacaba, é bem estranho.

Qualquer coisa, corre fiiii!!!

Qualquer coisa, corre fiiii!!!

A cidade é linda, mas quem manda aqui é o cuspidor de fumaça, não esqueça.

A cidade é linda, mas quem manda aqui é o cuspidor de fumaça, não esqueça.

Olha ele lá, todo pomposo.

Olha ele lá, todo pomposo.

Já que ficaríamos mais um dia, decimos investigar quanto ficaria ir por conta própria às Thermas. Descobrimos as linhas de ônibus e o preço direto na bilheteria, a diferença era absurda! #ficadica.

Lago Villarica

Lago Villarica

Almoço e tarde ficamos no camping dedicados aos afazeres domésticos e a noite fomos num restaurante próximo. O papo foi longo, o casal dono do restaurante era de origem nativa, porém, povos rivais. Ficaram nos contando as histórias da região e de seus planos pessoais com o restaurante. Também aprendemos sobre o durasno e com mímica desvendamos o abacaxi. A atenção foi exclusiva porque no fim só tinha a gente no restaurante. Foi uma noite muito prazerosa.

Dia 14 – Conhecendo Pucón – 09/02/14 (Domingo)